Perguntas e respostas = gesso

Com as novas tecnologias dos últimos anos os projetos de iluminação vem ganhando muito destaque no design de interiores pois são inúmeras as possibilidades e não tem como falar de iluminação sem falar de gesso. Suas vantagens vêm da versatilidade, rapidez e secagem rápida. O forro de gesso pode ser executado somente para distribuir a iluminação ou pode ser pensado em conjunto para fazer detalhes que valorizem a decoração, como os rasgos, sancas, molduras, nichos… Hoje segue a tendência do “menos é mais” para o ambiente ficar leve, mas com detalhes que valorizem o ambientes. Vamos as principais dúvidas quanto ao gesso e iluminação. Qual é a etapa da obra que devo pensar no gesso¿ para não perder tempo na obra o ideal que antes de começar o reboco é preciso estar com o projeto de gesso e iluminação já definido, isso porque o eletricista deverá distribuir os pontos de iluminação, interruptores e o pedreiro conseguirá identificar quais locais não terá gesso e conseqüentemente ficará no reboco. Outro fato importante, não esqueça que antes de instalar o gesso já deixar toda as tubulações passadas (ar condicionado, encanamentos da obra, duto da coifa). Quanto tempo o gesso, dry-wall demora para secar? Gesso comum uma semana ou Dry-Wall um dia. Qual é a altura do rebaixo mínimo? Gesso comum 12 cm Dry-Wall 8 cm, porém se for embutir luminárias também recomendo o rebaixo de 12 cm. Lembrando que dependendo do detalhe que for fazer de gesso deverá rebaixar um pouco mais.   Devo colocar isolamento acústico no forro? Se você mora em apartamento e sente incomodado com o barulho do morador de cima, indicamos o uso da lã de rocha, porém não espere que irá isolar 100% do barulho porque depende de outros fatores, como portas e janelas…   Nos banheiros posso colocar gesso? Sim, pode colocar o gesso comum ou Dry-Wall e usar tinta impermeabilizante, se preferir também existe a chapa verde que também ajuda nesses casos.   Optar por gesso ou dry-wall? Explico à diferença nesse texto http://marcelainteriores.com.br/?p=665   Quanto tempo para execução? Depende do tamanho da equipe e o material utilizado (gesso ou dry-Wall). Lembrando que o tempo do Dry-Wall é sempre a metade do tempo que o gesso irá gastar.

Continue Reading

Chegou a hora de colocar o gesso e agora por onde começar? Contrato um Arquiteto, Engenheiro, Designer de interiores ou vou direto no Gesseiro?

Sem desmerecer meus amigos gesseiros, mas vamos por partes! Tenho fortes argumentos para explicar. Quando se pensa em gesso e iluminação somos obrigados a pensar em todo o conjunto com os móveis e decoração, por exemplo, em uma cozinha e sala de jantar, gostamos de colocar um lustre sobre a mesa, pendentes sobre a bancada de lanches, iluminação direcionada para trabalhar na pia, uma excelente iluminação geral para trabalhar na cozinha, sem falar em um gesso bacana sobre a mesa de jantar e bancadas de ilha e por aí vai…..existem medidas mínimas à serem consideradas para as circulações entre móveis e medidas dos próprios móveis, a iluminação ideal para cada tipo de tarefa que você pretende fazer, e quando estamos projetando o gesso e iluminação somos obrigadas à pensar em tudo isso, ou seja, os gesseiros são ótimos para instalar o gesso, mas essa parte de projetar pede o conhecimento que não cabe a eles, sem contar que também são vendedores, vai ter aqueles querendo encher a casa de gesso com aqueles modelos antigos ficando como um “pinheirinho de natal” ou tem aqueles que por medo de arriscar vão fazer somente o básico do básico ficando um ambiente sem graça. Como diz o ditado, cada um no seu quadrado, não é! O Arquiteto projeta a construção e por muitas vezes também administra à obra, o Engenheiro constrói o que o Arquiteto projetou, o Designer de Interiores projeta toda a parte de decoração interna (gesso, iluminação, móveis, cores, revestimentos, tecidos, papel de parede, adornos….) e o gesseiro, eletricista, marceneiro, pintor… executam o serviço, claro todos trabalham em conjunto um depende do outro para que no final o cliente fique satisfeito.

Continue Reading

Gesso ou Dry-Wall? Qual escolher?

    Depende muito da situação, vamos entender as diferenças desses dois materiais:

Gesso comum

O gesso comum são plaquinhas de 60x60cm encaixadas umas nas outras, penduradas por arames em cada placa até a laje da obra, são chumbadas com massa de gesso e sisal, o acabamento por baixo é feito com massa de gesso e a desempenadeira.

 

Prós:

– melhor acabamento

– mais barato em média 25% comparado ao dry-wall

– mais flexível, pode trabalhar com curvas e molduras

 

Contras:

– instalação lenta

– mais sujeira

– secagem lenta, para receber a pintura, em média uma semana

– está mais sujeito a trincas

– só pode ser instalado sob a laje, se instalado em forros de madeira ou outros a chance de ter trincas e rachaduras são maiores.

 

Dry-Wall ou acartonado:

São chapas grandes 120x180cm ou 120x60cm, também é gesso. Porém, envolvido com papel nos dois lados. A instalação do dry-wall é feita com perfis metálicos, as chapas são parafusadas nos perfis e o acabamento é feito com fita tela ou fita papel juntamente com a massa para dry-wall.

Prós:

– rápida colocação

– menos sujeira

– secagem rápida em média um dia

– pode ser feito sob forro de madeira, laje, zinco…

– pode fazer paredes em Dry-Wall

– para áreas úmidas, existem chapas específicas

   

Contra:

– acabamento não fica perfeito como o gesso. Em alguns casos quando se faz sancas projetando a luz diretamente para o forro de dry-wall, os pintores encontram muita dificuldade para esconder as fitas de topo, isto é, fica aparecendo pequenas ondulações no teto após a pintura. Por esse motivo, muitos arquitetos ainda hoje preferem usar o gesso comum.

– mais caro em média 25% comparado ao gesso

             

Conclusão:   Como disse lá no inicio depende de cada situação, por exemplo, se for uma obra que não tenha laje o Dry-Wall é o indicado por ser mais resistente a rachaduras. Também nas situações que precise de rapidez para terminar a obra ou se a residência já tem morador indico o Dry-Wall por ser mais rápido e menos sujeira. Agora, se é obra que não precise de tanta urgência para terminar, o Gesso cabe perfeitamente, além de o acabamento ser melhor e o custo ser menor.

  Agora que você entendeu as diferenças, clique aqui e veja alguns projetos onde exploro bastante o uso desses dois materiais que fazem toda a diferença na decoração de interiores…          

Continue Reading